Equívocos Sobre a Meditação

Porque falar dos equívocos da meditação?

Porque na maior parte das vezes as pessoas dizem absurdos sobre a meditação, coisas que só dificultam o entendimento e fazem com que outros pensem que é muito difícil meditar.

equivocos-meditacao

De acordo com a literatura científica, a prática meditativa pode ter duas classificações principais:

1 – Contemplativa – quando a atenção fica em um único foco, como a respiração, os sons externos, a música, a contagem sincronizada à respiração, um mantra ou uma atividade ativa como dança, desenho e pintura, tocar um instrumento, entre outros; sempre que houver uma distração, a pessoa deve simplesmente retornar sua atenção ao foco e ampliar sua percepção e mergulho interno.

2 – Atenção Plena ou Mindfulness – caracterizada pela consciência da experiência do momento presente, com uma atitude de aceitação, em que nenhum tipo de elaboração ou julgamento é utilizado. À medida que estímulos internos ou externos atingem a consciência do praticante, este simplesmente os observa e, assim como surgiram, deixa-os sumir, sem qualquer reflexão ou ruminação.

Mas a verdade é que a meditação é uma só. A ciência busca qualificá-la, quantificando ou nomeando, para que o estudo e o entendimento seja delimitado. O fato é que muitos não entendem a meditação, mesmo aqueles que a estudam, talvez porque não a pratiquem efetivamente.

Meditação é um estado, não uma prática. A prática leva à meditação, ou melhor, ao estado meditativo, essa é a verdade.

Medita – a – Ação

Principais equívocos relacionados à meditação:

  • A meditação não é uma resposta ao relaxamento, ela é um desenrolar de estados mais elevados de consciência, e existem diversos caminhos para alcançar esses níveis.
  • Não é simplesmente parar de pensar, o objetivo é atingir camadas mais profundas do ser, níveis de consciência que são despertos ao longo do caminho.
  • A meditação não é um fim em si mesma, é um caminho.
  • A meditação não exige postura correta, cada um pode encontrar sua essência meditativa das mais variadas formas
  • A meditação envolve o silêncio, mas não o absoluto silêncio, a meditação vai além dos pensamentos, da limitação natural do pensar.

equivocos-meditacao

O Que Realmente Importa?

Estar presente no aqui e agora é a grande conquista, estar em contato com a fonte inspiradora de todas as coisas, com a mente no seu melhor nível de funcionamento e as percepções claras e transparentes como a água.

Uma pessoa que vive em estado meditativo possui extremo controle e equilíbrio emocional, e com isso consegue agir e reagir de forma madura, consciente e positiva. Sem esforço, é capaz de antever uma situação por estar extremamente aberta à percepção das energias, espaços, sons, desejos, pensamentos e linguagem corporal tanto a sua própria como a dos outros.

Então, para você é importante obter maior clareza e equilíbrio mental?

Conseguir ouvir melhor os outros?

Entender melhor o que acontece com você e o que está ao seu redor?

É importante conciliar a busca por maior consciência com mais riqueza material?

A lista de perguntas seria imensa, basta olhar para dentro e buscar as respostas, para isso a meditação é o melhor caminho!

Escolha uma meditação, algo que você pode fazer sem deixar que os pensamentos compulsivos tomem a frente e comandem o barco. O importante é conseguir baixar a frequência deles e observar que tipo de pensamentos vem à sua mente.

Lembre o que Buda falava: “Somos os que pensamos”.

Então observe seus pensamentos 😉

meditacao-integral-buda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s